Buscar
  • Copa Floripa Brasil

Como se alimentar antes e depois dos jogos da Copa Floripa Brasil?

Treinamento físico, tático e técnico e disciplina fazem parte da rotina de todo atleta. Mas todos os treinos e os esforços só terão efeito se vierem acompanhados de uma boa alimentação, principalmente para atletas em fase de crescimento. A base alimentar de crianças e jovens esportistas deve ser equilibrada, com alimentos ricos em macro e micronutrientes que auxiliem no crescimento dos ossos e no fortalecimento dos músculos. Assim, é possível ter atletas mais resistentes, com explosão muscular e com menor incidência de lesões.


E se é preciso cuidado da alimentação constantemente, em dias de jogos, a atenção deve ser redobrada. Crianças menores devem ser supervisionadas por adultos responsáveis (pais ou outros familiares e treinadores), já as crianças maiores (acima de nove anos, por exemplo) e os adolescentes já são capazes de observar e cuidar da própria alimentação. Mesmo assim, é recomendado que todos tenham – sempre que possível – o acompanhamento de um profissional em nutrição.


O QUE COMER ANTES E DEPOIS DOS JOGOS?


Antes de falar sobre o que deve ou não ser ingerido nos dias da competição, é importante lembrar que os jogos da Copa Floripa Brasil serão realizados de 13 a 18 de dezembro, período em que as temperaturas costumam beirar os 30°C. Por isso, é indicado consumir alimentos frescos e leves e é preciso redobrar os cuidados com a hidratação durante todo o dia.


Alimentação pré-jogo


A refeição deve ser feita cerca de uma hora antes das partidas e é importante que tenham ótimas fontes de carboidratos, de preferência integrais e frutas, para que as crianças e os jovens tenham mais energia e melhor desempenho.

Para os jogos de manhã ou no fim da tarde, algumas opções são:

- Bisnaguinha integral com queijo, leite, uma porção de fruta;

- Bolo simples (sem cobertura ou recheio), salada de fruta;

- Bolacha integral com requeijão, leite com achocolatado

- Banana com aveia e pasta de amendoim;

- Misto-quente com pão integral, vitamina de banana e mamão;

- Tigela de açaí com granola e fruta.

Para os jogos depois do almoço, é indicado combinar carboidratos, uma proteína e saladas, e finalizar com uma fruta, como banana ou laranja. Veja alguns exemplos:

- Arroz, feijão, bife grelhado e salada verde com tomate;

- Arroz integral, lentilha, lombo suíno assado e salada de alface e cenoura;

- Espaguete ao sugo, frango grelhado e salada verde;

- Purê de batata, filé de peixe e salada mista.


Alimentação pós-jogo


Após os jogos, é hora de repor as energias gastas e recompor os músculos, por isso, é importante aumentar o aporte de proteínas. Algumas sugestões de refeição:

- Sanduíche com pão integral com queijo, peito de peru e tomate, suco natural de laranja;

- Sanduíche com pão integral com pasta de atum com ovo cozido, chá gelado;

- Panqueca integral de frango, suco natural de manga;

- Iogurte natural com mel, granola e banana;

- Vitamina de abacate.


Alguns atletas podem precisar de um lanchinho durante o intervalo dos jogos. Nesses casos, o mais indicado são as barras de cereais, de preferência as que têm pouco açúcar, ou uma fruta.


Consumir duas frutas por dia aumenta o aporte de minerais e vitaminas e ainda reduz o risco de infecções e outras doenças. O ideal é variar as frutas ingeridas, para se garantir a maior variedade de nutrientes. O mesmo vale para legumes e verduras.

0 visualização

ENTRE EM CONTATO AGORA MESMO

FONE: 11 2679.7709

Email:  contato@sportz.com.br

SEGUE A GENTE!

Facebook  |   Instagram

© 2023 by Barns Consultants. Proudly created with Wix.com